[Review] Chrono Trigger (SNES)

Ir em baixo

[Review] Chrono Trigger (SNES)

Mensagem por Camila em Qui Maio 19, 2011 5:46 pm

E aí, como vão meus bebês?

Titia Camila traz pra vocês outro review rápido. Acho que estou começando a gostar disso.
Dessa vez é sobre um RPG clássico de Super Nintendo: Chrono Trigger.

O jogo começa com o herói Crono (ou seja lá que nome você deu a ele) sendo acordado pela mamãe. Ela diz que a feira já começou e que você vai se atrasar. É, você está no ano de 1.000 A.D., ano em que o reino de Guardia completa um milênio de existência. A mãe de Crono diz que Lucca, a amiga de infância de nosso herói, fará uma apresentação de seu novo invento na feira. Crono então se dirige à praça, onde esbarra em uma menina que diz se chamar Marle. A menina pede para acompanhá-lo pela feira, mas no momento em que eles vão assistir à apresentação do teletransportador de Lucca, o colar de Marle brilha e ela é sugada por um portal. Crono decide dar uma de herói e parte em busca da misteriosa menina. Após entrar no portal, ele logo descobre que voltou no tempo e agora está em 600 A.D., ano em que Guardia estava em guerra contra o exército de um poderoso mago chamado Magus (oh, que original).

Crono acaba descobrindo que Marle, ao chegar, foi confundida com a rainha de 600 A.D. e levada ao castelo. Ele enfim precisa resgatar a verdadeira rainha, capturada pelo exército de Magus, contando com a ajuda de Lucca e de um sapo (!)

Após o resgate da rainha, Marle admite que é a princesa do ano de 1000 A.D. e todos voltam à feira através do portal. Crono então é preso, acusado de seqüestro da princesa, e foge da prisão com a ajuda de Lucca e Marle. Sem saída e perseguidos por guardas, eles encontram outro portal na floresta, que acaba os levando a 2.300 A.D. (o futuro), onde tudo é destruído. Eles descobrem que o motivo da destruição foi um enorme monstro chamado de Lavos, e o objetivo deles torna-se destruir esse monstro antes que ele destrua o planeta, para mudar o futuro.

O jogo conta com uma boa variedade de personagens, explorando muito bem o passado de cada um deles:

Crono: O herói principal, não há muito o que falar sobre ele, exceto o fato de que ele é meio... calado.


Lucca: Amiga de infância de Crono, é muito inteligente e tem um talento enorme com máquinas. Quando era pequena, a mãe de Lucca sofreu um acidente com uma das máquinas da casa e perdeu o movimento das pernas. Como Lucca não entendia nada de máquinas, ela não soube desligá-la e ficou limitada a assistir o acidente. Isso a incentivou a aprender mais sobre as máquinas e, em uma das viagens no tempo, ela tem a oportunidade de consertar tudo.


Marle: Ela é a princesa de Guardia em 1.000 A.D. e seu real nome é Nadia. Tem um relacionamento difícil com seu pai, acreditando por um momento que o desinteresse dele pela família causou a morte da mãe dela. Não gosta das normas da realeza, por isso fugiu para visitar a feira.


Sapo/Frog: Seu real nome é Glenn. Ele era o fiel companheiro do guerreiro Cyrus na luta contra Magus. No dia em que Cyrus foi morto, Magus transformou Glenn em sapo. Grande parte da história gira em torno desse evento.


Robo: É um robô (dããã...) do futuro. Lucca o encontra desativado e então o conserta, fazendo-o se juntar ao grupo. Ele sofre de uma crise de identidade (afinal, ele foi criado para destruir humanos e agora ele está os ajudando), mas ele logo supera isso.


Ayla: É a “gostosinha” do grupo. Seus ataques são 100% físicos e se assemelham aos de um felino. Ela é líder de uma aldeia pré-histórica que vive em guerra com os dinossauros (reptites, tanto faz) e se orgulha em dizer que é muito forte. De fato ela é.


Magus: Você escolhe, em um certo ponto da história, se perdoa ele por tudo e põe ele no grupo... ou mata ele e livra o Sapo da maldição. Ele pertencia ao ano de 12.000 B.C., quando a mágica ainda existia e era sinal de nobreza. Ele era um garotinho chamado Janus, príncipe do reino de Zeal. Ao contrário de sua irmã, ele não demonstrava nenhum sinal de que possuía poderes mágicos. Possuía dois únicos amigos: a irmã Schala e o gato roxo Alfador. A rainha (mãe dele) começou uma busca pela imortalidade usando o poder de Lavos ainda adormecido, o que resultou num acidente que mandou Janus para a Idade Média, onde finalmente despertou seu dom mágico e mudou de nome e aparência, comandando um exército na guerra de 600 A.D. e começando uma busca pela irmã (e pelo gato -q).


Da esquerda pra direita:
Lucca, Magus (acima), Sapo, Marle, Crono, Robo, Ayla.

Sim, os desenhos são do mestre Akira Toriyama, pimpolhos.


Que a Cabra Conselheira abençoe vocês.

____________________________________________________________________________
avatar
Camila
Moderadoras
Moderadoras

Mensagens : 68
Reputação : 2
Data de inscrição : 03/04/2011
Idade : 23
Localização : Acre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Chrono Trigger (SNES)

Mensagem por Akumashi em Qui Maio 19, 2011 5:52 pm

Jogo muitooooo foda, toda pessoa que se diga amante de RPG's tem que jogar esse jogo *-*
Ta no meu Top 10 QQQ afro

____________________________________________________________________________
Abra o Spoiler e veja coisas fofas qqq
Spoiler:
Upe o Len-chan, to mandando u_u' q 
avatar
Akumashi
Administradores
Administradores

Mensagens : 81
Reputação : 6
Data de inscrição : 22/11/2009
Idade : 24
Localização : Nos cantos escuros do fórum q

http://kogarasumaru.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum